Editores

  • Glaucia M. SOUZA (Universidade de São Paulo), Brasil
  • Reynaldo L. VICTORIA (Universidade de São Paulo), Brasil
  • Carlos A. JOLY (Universidade Estadual de Campinas), Brasil
  • Luciano M. VERDADE (Universidade de São Paulo), Brasil

 

Comitê Científico

  • Carlos Henrique de BRITO CRUZ - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Brasil
  • Helena L. CHUM - National Renewable Energy Laboratory (NREL), EUA
  • Lewis FULTON - University of California Davis, EUA
  • José GOLDEMBERG - Universidade de São Paulo, Brasil
  • Brian J. HUNTLEY – Stellenbosch University, África do Sul
  • Lee R. LYND - Dartmouth College, EUA
  • Patricia OSSEWEIJER - Delft University, Holanda
  • Jack N. SADDLER - University of British Columbia, Canadá
  • Jon SAMSETH - Oslo and Akershus University College, Noruega
  • Chris R. SOMERVILLE - University of California Berkeley, EUA
  • Jeremy WOODS - Imperial College London, UK

 

Resumo do projeto

Este projeto tem como objetivo promover uma avaliação científica global da sustentabilidade da bioenergia, incluindo suas vantagens, desvantagens e os critérios para analisar os seus impactos sociais, econômicos e ambientais. Um Processo de Avaliação Rápida (RAP, da sigla em inglês) foi conduzido sob a égide do SCOPE (Scientific Committee on Problems of the Environment) para produzir um volume de síntese do conhecimento e um Resumo para Políticas Públicas com recomendações práticas para legisladores acerca da expansão sustentável da bioenergia.

Tecnologias que levam a menos poluição, menor consumo de energia e diminuição da emissão de gases de efeito estufa para a produção de bioenergia foram avaliados quanto à sua viabilidade econômica, à capacidade da indústria para sua implementação em escala, e aos impactos de curto e longo prazo sobre o ambiente, a saúde humana e geração de riqueza. Um Comitê Científico foi formado e definiu tanto o escopo do volume quanto os autores que contribuíram para o relatório. Esse Comitê reuniu-se pela primeira vez em São Paulo em 27 e 28 de fevereiro de 2013, na FAPESP, durante a Scoping Meeting, que visou definir temas dos capítulos, autores e revisores. A Scoping Meeting foi realizada após um seminário internacional organizado pelos Programas FAPESP BIOEN, BIOTA e Mudanças Climáticas, em que foram recolhidas as recomendações da comunidade em geral para as políticas de bioenergia. Depois de produzir catorze capítulos, em Dezembro de 2013 um grupo de 50 especialistas nacionais e internacionais se reuniu na UNESCO, em Paris, para o workshop do Processo de Avaliação Rápida (RAP), durante o qual foram discutidas as principais conclusões e recomendações.

Os produtos finais deste projeto compreendem: uma publicação de 779 páginas (disponível tanto em formato e-book para download gratuito quanto em versão impressa) com contribuições de 137 especialistas e que sintetiza o estado da arte e o caminho a seguir para a expansão sustentável da bioenergia no mundo; um Resumo para Políticas Públicas (versão em Inglês e em Português); uma seção especial no Journal of Environmental Development (1 nota editorial e 4 artigos; Volume 15 - Julho de 2015), e vários artigos publicados em revistas indexadas. O relatório SCOPE Bioenergy & Sustainability foi lançado em 2015 na FAPESP em São Paulo, em Bruxelas e em Washington D.C.

 

Bioenergia & Sustentabilidade - Resumo para Políticas Públicas (em Português)

 

 

 

Copyright © 2013 SCOPE Bioenergy. All rights reserved.